quarta-feira, 9 de junho de 2010

Linux versus Windows - Qual utilizar?

No ano passado Steve Ballmer declarou, em uma palestra patrocinada pela Microsoft, que o sistema operacional linux infringe propriedade intelectual da Microsoft, mas não indicou mais detalhes sobre o caso, entretanto recentemente a própria Microsoft anunciou que 235 patentes de softwares foram quebradas pelo linux, porém não foram revelados quais eram essas patentes, apenas foram divulgadas as partes do sistema onde está usando indevidamente sua propriedade intelectual. E para agravar a situação, algumas empresas como: Novel, Xandros e LG anunciaram acordos de Interoperabilidade com a Microsoft, segundo ela o acordo abrange um pacto de não-agressão, no sentido em que, as distribuições linux desenvolvidas por essas empresas não serão alvos de processo jurídico que está sendo especulado pela gigante do software. Assim fica uma dúvida, o acordo é de interoperabilidade ou um pacto de não-agressão? Isso é o menos importante agora, pois diversos membros da comunidade linux estão bastante irritados com essas declarações da Microsoft e têm alguns que criarão um pagina na internet, onde eles pedem para serem processados pela empresa do “Tio Bill”. Mas afinal linux infringe ou não a propriedade intelectual da Microsoft? E Esses acordos serão bons ou ruins para o linux?
Alguns analistas vêm esses acordos como uma oportunidade para as empresas e para o próprio linux amadurecer profissionalmente, mas certamente essas declarações que o linux infringe propriedade intelectual vêm manchado o nome do linux no mundo da tecnologia da informação, já que para alguns o linux é um sistema muito seguro e eficiente, mas ainda necessita usar ferramentas que atendam mais as necessidades das empresas e busque detalhes nos que eles buscam é um sistema operacional para servidor.
A Microsoft desde sua ascensão profissional sempre usou a Administração Cientifica e o Marketing como ferramenta de sucesso, porém é verificado que o marketing que ele usa é muito agressivo e antiético, você lembra que na década de 90 Bill Gates perseguiu as empresas de hardware obrigando-as as produzir os drivers dos seus dispositivos exclusivamente para o Windows? e ela só parou quando a justiça aplicou uma multa milionária e determinou que ela não podia mais praticar este abuso, lembra que a Microsoft sempre perseguiu a apple e ela quase afundou no final na década de 90. Os produtos da Microsoft algo traz Status, no Brasil por exemplo algumas pessoas acham maravilhoso os nomes dos sistemas operacionais para servidor da Microsoft como: Small Buniss Server, Start Editions, e até mesmo o SP2 que foi feito para tampar os erros de programação do Windows XP é dito como algo elegante, mas são apenas nomes, porém bonitos, entretanto eu tenho certa experiência no Windows 2003 Server e tenho algumas considerações a fazer, achei fácil a configuração para o Active Directory e muito fácil colocar as permissões e restrições de acesso para as máquinas clientes, só que achei aquela proteção “pressione CTRL+ALT+DEL para iniciar” muito ridícula, pois segundo a Microsoft é pra evitar ataque de força bruta para desvendar a senha do administrador do sistema, sinceramente quando eu li isso deu vontade de rir, e até parece que não existe outras formas de conseguir isso e essa combinação de teclas não vai adiantar nada. E como sempre pegou vírus e já apareceu aquela famosa “tela azul da morte”.


Outro ponto forte da empresa, são as propagandas e publicidade de marketing que são veiculadas na mídia, que sempre trata dos pontos bons do sistema para os clientes e o texto sempre é produzido com elegância e profissionalismo. Só que tudo isso é apenas propaganda e não o produto na realidade “Lembra do Lançamento Win98”.
Veja a propaganda do lançamento Windows 98





Veja a realidade do lançamento Windows 98



Mesmo assim o Windows está presente em 90% dos computadores do mundo, é bom lembrar que destes 90% outros 70% é pirata e mesmo assim Bill Gates é o homem mais rico do Mundo e mesmo com tantos defeitos os sistemas da empresa Dominam o mercado de software. Por outro lado o linux já está presente em grandes empresas como no Google, Nasa, Yahoo; e no Brasil, Uol e Banco do Brasil e todas elas tem aspectos positivos em relação ao sistema linux, principalmente pelo fato de ser livre e não gratuito. Para entender melhor sugiro plenamente que você leia o artigo de Alessandro de Oliveira Faria sobre linux, veja http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=1807. É fantástica a comunidade linux, como tantos desenvolvedores diferentes espalhados no mundo conseguiram desenvolver um bom sistema, mas no inicio era difícil instalar o sistema, isso porque tinha foco eram pessoas nerds como o próprio Linus, eu me lembro um propaganda de uma revista datada de 98, falava do avanço do linux em frente ao Windows, relatava também que o Linux era a Única ameaça presente para a Microsoft, pois Mac OS é fechado e só funciona no próprio Macintosh, eles tinham uma previsão que Windows ia cair e o Linux Vigorar, até agora isso não aconteceu, mas ninguém conhece o futuro. No software livre todos os códigos não têm um dono, mas os serviços é que geram lucro para distribuições comerciais. Acredito que o linux vai se tornar mais profissional e competitivo quando as empresas distribuidoras do sistema adquirem as ferramentas administrativas de Marketing e cobrarem somente pelo suporte e serviços agregados como, por exemplo: Consultoria especializada, Desenvolvimento de sistemas para linux, analise de sistemas, Criação de Web Sites e Desenvolvimento de projetos avançados em redes com servidores linux, além de suporte completo ao sistema, que tem sido uma causa constante de pessoas que desistem de usar o sistema pingüim por não existir um suporte pós-instalação, excluindo aos diversos artigos encontrados na internet, pois não são suportes e são direcionados a público especializado.
Uma interoperabilidade com Windows é necessária para o Linux avançar para as empresas que ainda não aderiram aos sistemas livres, mas as declarações da Microsoft em dizer que linux infringe patentes sem provar nada é um verdadeiro jogo hostil e antiético, um verdadeiro crime sem precedentes. Mas para burlar tudo é isso um bom exemplo e a canonical que tem desenvolvido um sistema fácil de operar e intuitivo aos usuários comuns e tem feito muito sucesso não por causa da distribuição gratuita de Cds, mas por ser um ambiente fácil e intuitivo aos iniciantes do sistema. Tenho certeza que é uma oportunidade para linux unir a estabilidade do Kernel linux e as facilidades da interface do Ubuntu, criando sistemas direcionados a públicos diferentes, um para servidor, outro para estação de trabalho e mais um para o usuário doméstico, assim com certeza o Linux será um concorrente de peso aos produtos Microsoft, tornando-se um competidor a altura ao da Concorrência, e no futuro o Linux será bastante conhecido e prestigiado, isso se for seguido esses quesitos, sem desmerecer as filosofias da Liberdade de software.



Nenhum comentário: