quarta-feira, 9 de junho de 2010

Pirataria não é um termo adequado Softwares

Segundo o dicionário Aurélio Pirataria seria a cópia ou edição de livros, discos, fitas, etc., tudo isso sem autorização do detentor dos direitos autorais o conceito se estende também para a falsificação de produtos como cds e dvd's, brinquedos, roupas e outros, só que em todos estes casos a uma efetivação da compra de um produto físico no caso de softwares não existe uma venda, mas um pagamento de uma licença de uso isto segundo próprios contratos que vem junto aos softwares e que praticamente ninguém nunca ler eles, quem paga pelo uso de qualquer software na verdade não está comprando ele, mas apenas pedindo uma licença para usar o mesmo. Um grande exemplo disso é aquele programinha da Microsoft chamado WGA que ao detectar o uso de chave inválida ele fica dizendo que “você foi vítima de falsificação” na verdade isso é uma forma de ludibriar a situação, pois em primeiro lugar falsificação é na verdade fazer ou construir um mesmo produto igual ao original e se passar por ele e em segundo lugar mesmo que eu instale o Windows de um cd original da Microsoft este WGA ainda pode detectar como falsificado dependendo do serial utilizado durante a instalação então o que importa não é o produto físico o CD mas a chave ou serial já que é possível instalar o Windows vindo de um CD copiado para um CD-R/CD-RW/CD+R e usar uma chave valida para a instalação bem como para o WGA e já foram descobertos métodos de retirar a chave que o WGA detecta como inválida e trocar por uma que seja válida. O objetivo de chamar o uso deste softwares sem licença de falsificação ou de pirataria é para que ela tenham o mesmo efeito social que a falsificação real de produtos físicos tem na população em geral já que a maioria da população repudia produtos falsos pela baixa qualidade deles o que não acontece o mesmo no que se trata de softwares sem licença.
Portanto no mundo dos softwares não existe pirataria e sim o não uso de licenças válidas e não devem ser confundidos por que são coisas distintas, então tudo isso relativo ao que eles estão dizendo que não usar licenças é pirataria ou quem usa é vitima de falsificação é estratégia de Marketing para que as pessoas menosprezem o software e adquiram uma licença pagando um preço absurdo por ela.

Nenhum comentário: